Total de visualizações de página

quinta-feira, 14 de julho de 2011

FILHOS SÃO DO MUNDO! (JOSÉ SARAMAGO)

Para as que já são mães ou a que será um dia...

Filhos são do mundo.

Devemos criar os filhos para o mundo, torná-los autônomos, libertos até de nossas ordens.

A partir de certa idade, só valem conselhos. Especialistas ensinaram-nos a acreditar que só essa postura torna adulto aquele bebê que um dia levamos na barriga. E a maioria de nós pais acredita e tenta fazer isso o que não nos impede de sofrer quando fazem escolhas diferentes daquelas que gostaríamos ou quando eles próprios sofrem pelas escolhas que recomendamos.

Então, filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmo, de como mudar nossos piores defeitos, para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo! Ser pai ou ser mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expuser a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.

Perder?Como? Não é nosso recordam-se? Foi apenas um empréstimo! Então, de quem são nossos filhos? Eu acredito que são de Deus, mas com respeito aos ateus digamos que são deles próprios donos de suas vidas, porém um tempo precisaram ser dependentes dos pais para crescerem...

E o meu sentimento, a minha dedicação o meu investimento? Não deveriam retornar em sorrisos, orgulho, netos e amparo na velhice? Pensar assim e entender os filhos como nossos e eles, não se esqueçam, são do mundo!

Inicio de férias, mais tempo para os filhos, olho meus pequenos pimpolhos e penso como seria bom, se não fossem apenas empréstimos! Mas é eles são do mundo. O problema é que meu coração já deles é. É a mais concreta realidade só resta a nós, mães e pais rezar e aproveitar todos os momentos possíveis ao lado de nossas crias, que mesmo que sejam emprestadas, é a maior parte de nós! A vida é breve, mas cabe nela muito mais do que do que somos capazes de viver. Beijos. Sandra.

6 comentários:

Graça Pereira disse...

Os filhos são como os passarinhos...aprendem a voar, criam forças nas asas e...lá vão eles!
Não quer dizer que acabe o amor de parte a parte. Ficam sempre unidos pelo coração e...com que emoção eles voltam ao ninho, de vez em quando, para recordar a vida feliz que ali viveram.
Gostei muito do teu texto.
Bjs e bom fds.
Graça

Élys disse...

Filhos são compromissos que temos. A nossa missão é educá-los, com muito amor e exemplos para que possam evoluir e sejam sempre nossos grandes
companheiros e amigos.
Beijos

Antônio Lídio Gomes disse...

Os filhos são nossos alunos, e aprendizes, que quando há comprometimentos e empenho de nossa parte, eles evoluírão, e caminharão com segurança pela estrada da vida.
Um abraço, bom final de semana, e um beijo.

Zen disse...

Queridos Graça e Élys, esses filhos nossos nos surpreendem a todo instante... E esse poeta maravilhoso descreve isso de uma maneira sensacional, emocionante, contagiante nos alertando como devemos nos portar perante a vida deles... Agradeço a visita dos amigos a minha Montanha... Beijo.

Zen disse...

Amigo Antônio, filhos são nossos compromissos eternos... É muito gratificante se sentir útil para proporcionar-lhes felicidades por essa caminhada terrena... Beijo

Denise disse...

O blog http://conhecerkardec.blogspot.com completa 1 ano de existência dia 30/7. Deixei para vc selinho comemorativo no blog. Faça uma visitinha. Muita paz!