Total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de maio de 2011

O QUE CADA UM POSSUI...

Uma pessoa grosseira resolveu dar um presente a outra pessoa por seu aniversário, mas na verdade queria ser irônico. Preparou uma bandeja cheia de lixo e restos na presença de todos porque sentia prazer em humilhar publicamente. Mandou entregar o presente que foi recebido com alegria pelo aniversariante.


Gentilmente o aniversariante agradeceu e pediu que o esperasse um instante já que ele gostaria de poder retribuir a gentileza.

Tirou o lixo da bandeja e a cobriu com flores e devolveu com um papel onde dizia:

CADA UM DÁ O QUE POSSUI.

Por isso não te entristeças com a atitude de algumas pessoas; não percas a tua serenidade.

A raiva faz mal a saúde, o rancor danifica o fígado e a cólera envenena o coração.


Domina tuas reações emotivas. Seja dono de ti mesmo. Não coloques lenha no fogo de teus aborrecimentos, não percas a calma e não cedas a tua impulsividade.

Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que outra pessoa morra.

Sempre deves dar as flores que levas em teu coração...

Que tenhas paz e amor hoje e sempre. Beijo Sandra.

6 comentários:

Vozes de Minha Alma disse...

Sandra, você foi divina.
Infelizmente, e principalmente no ambiente de trabalho, parece que as pessoas esquecem que existe AMOR.
Parece que esta palavra é excluída do coração das pessoas, e verdadeiros infernos são criados oriundos de corações doentios, onde a irônia, a gozação, a arrogância, e a humilhação para com o colega, são motes para que na presença dos demais, o dito cujo se sinta o "exemplo imaculado" e "admirado" pelos sarcásticos de plantão.
Parabéns Sandra, pela tua dignidade em transmitir mensagens que são fatos e são a mais pura realidade.
Beijos.

Zen disse...

Vozes, meu amigo as tuas palavras me incentivam a postar mensagens verdadeiras que tocam o coração. Às vezes as recebo de pessoas queridas e assim as homenageio também postando em meu blog. Beijo.

Élys disse...

Um texto maravilhoso e uma grande verdade: Cada um dá o que tem.
Fiquei feliz em receber e poder ler este belo texto.
Beijos.

Entrevidas disse...

Que jesto maravilhoso! Nunca devemos pagar com a mesma moeda, e sim dar o que de melhor temos. Beijos

Graça Pereira disse...

Gostei da história! A minha mãe costumava dizer: é com simpatia e delicadeza que se "mata" o ódio dos outros!
Beijocas
Graça

Zen disse...

Queridos amigos Élys, Entrevidas, Graça, amei os comentários de vocês, colocando suas experiências de vida...
Na realidade essa troca de mensagens entre nós é muito enriquecedora. Beijos.