Total de visualizações de página

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Solitário no caminho. (Paulo Coelho)


Uma linda prece do mestre sufi Dhu’l Nun (egípciu,falecido em861 d.C.) resume bem a atitude positiva necessária nesses momentos:

Ó Deus,quando presto atenção nas vozes dos animais,no ruído das árvores, no murmúrio das águas,no gorjeio dos pássaros,no zunido do vento ou no estrondo do trovão,percebo neles um testemunho da Tua unidade;sinto que Tu és o supremo poder, a onisciência,a suprema sabedoria,a suprema justiça.

Ó Deus,reconheço-Te nas provas que estou passando.Permite,ó Deus que Tua satisfação seja a minha satisfação.Que eu seja a tua alegria,aquela alegria que um Pai sente por um filho.E que eu me lembre de Ti com tranquilidade e determinação,mesmo quando fica difícil dizer que Te amo.

Na realidade eu Zen, em qualquer circunstancia jamais sentiria dificuldade de dizer que amo o meu Deus. Só Deus dá ao coração a paz para se viver.

4 comentários:

ney disse...

Zen,
Belo texto. Muito bom quando nos sentimos sensíveis à natureza, a toda essa grandeza da Criação que está a nossa volta.
Obrigado por sua visita, suas palavras amigas, e vamos curtindo nossa bela cidade. Hoje o Fast Triathlon estava uma festa. Ótimo domingo. ney/

Zen disse...

Olá Ney,te agradeço por passar neste meu cantinho zen.Um abraço.

Lira Santos disse...

Adoro Paulo Coelho...
...Um guerreiro da luz raramente fala dos seus planos.
Sabe que, sempre que fala de um sonho,usa um pouco da energia desse sonho para se expressar.E de tanto falar,corre o risco de gastar toda a energia necessária para agir...
Um guerreiro conhece o poder das palavras.
Paulo Coelho

Zen disse...

Olá Lira,sua visita no cantinho zen me alegra muito.Volte sempre que quizer.Um abraço.